19/06/2017 - 12:49

Oposição realiza eventos políticos no interior do Piauí

Wilson Martins pretende levar Firmino Filho para Parnaíba.

Autor: Marcelo Rocha

Os partidos que formam a oposição ao governador Wellington Dias começam a criar no Piauí movimentos políticos. Um pequeno grupo do PMDB, encabeçado pelo vice-presidente do diretório estadual da sigla, ex-ministro João Henrique Sousa, realiza o Piauí em Movimento. E o Partido Socialista Brasileiro (PSB) surge com o encontro Piauí em Debate.

Foto/Cândido Neto 

João Henrique Sousa esteve na região de Picos e Paulistana há cerca de 10 dias com a Caravana Piauí em Movimento. O ex-ministro busca consolidar adesões dentro do partido peemedebista no interior do Piauí para o grupo de oposição ao governo do Estado.

Já o PSB, que tem como comandante o ex-governador Wilson Martins, esteve recentemente em Campo Maior realizando o encontro Piauí em Debate. O partido começa a motivar lideranças políticas no interior do Estado, para o exército da oposição à Wellington Dias nas eleições do próximo ano. O ex-governador Freitas Neto esteve no evento do PSB em Campo Maior. Dando demonstração de que lideranças políticas já começam a se mobilizar para fortalecer a oposição no Piauí.

No próximo mês, o PSB está programado para realizar um encontro em Parnaíba. Na cidade do litoral, o movimento oposicionista tem o prefeito parnaibano Mão Santa (SD) como um dos organizadores. Alguns integrantes do PSB estadual estão tentando confirmar a presença do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), neste evento no litoral piauiense.

O prefeito teresinense está sendo muito cogitado para ser o candidato da oposição ao governo do Estado. Firmino filho, no entanto, declarou que não pretende deixar a prefeitura de Teresina. Porém, algumas lideranças do PSB esperam a participação do tucano no encontro do litoral e também que Firmino Filho demonstre mais entusiasmo com o movimento de oposição. Firmino Filho é considerado, por muitos da oposição, como o nome mais viável para ser o candidato que pode disputar com Wellington Dias. O prefeito de Teresina já declarou que o ano de 2017 é administrativo. Em 2018 é que ele irá conversar sobre as eleições.

Outro projeto que a oposição tem é o de trazer para o grupo o senador Ciro Nogueira (PP) e os seus aliados. O Partido Progressista tem mais de 40 prefeitos no Piauí e a relação da militância do PT com Ciro Nogueira não é boa, ficando o clima mais tenso a cada dia. Ciro Nogueira, no entanto, tem afirmado que ficará com Wellington Dias.

O governador do Piauí, também, se mobiliza politicamente. Wellington Dias, coincidentemente ou não, tem visitado municípios sempre próximos às cidades que o peemedebista João Henrique Sousa está realizando a caravana Piauí em Movimento. Os eventos culturais e religiosos nas cidades piauienses também têm registrado a presença do candidato à reeleição ao governo do Piauí, Wellington Dias. 


Fonte: Diário do Povo