13/05/2013 - 17:50

Piauí é o quarto Estado do Nordeste com maior crescimento no número de motocicletas

O Nordeste surge como o segundo Estado com maior frota

Autor: Lyza Freitas

Teresina - De acordo com pesquisa da Abraciclo (Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas) entre os anos de 1998 e 2012, o Nordeste surge na segunda posição dentre as Regiões do Brasil que apresentaram maior aumento na frota circulante de motocicletas. A região apresentou um crescimento de 1.190,1% no número de motos circulantes no período. A pesquisa foi feita com base em dados divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

O Piauí encontra-se na 4ª posição no ranking dentre os Estados do Nordeste com maior aumento da frota. Houve um crescimento de 1.653,7% na frota de motocicletas regularizadas, passando de 24.607 mil para 431.535 mil, do ano de 1998 a 2012.

De 1998 a 2004, o crescimento da frota de motocicletas anual era uma média de 10 mil veículos. A partir de 2005 houve um crescimento progressivo que chegou a quase 60 mil veículos entre os anos de 2010 e 2011.  

frota_motos_pi-01.jpg

O Norte é a região que apresenta maiores taxas de crescimento no número de “duas rodas com motor”, como classifica a Pesquisa e apresentou um crescimento de 1.642% na análise desses 15 anos. Depois do Norte e Nordeste aparecem as Regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, respectivamente.

Em todo o Brasil, as estatísticas indicam uma média de crescimento total de 1.642% no número de motos, considerando todos os Estados da federação, também nesses mesmos anos.

Enquanto o crescimento da frota geral, que inclui todos os tipos de veículos automotores (caminhão, ônibus, reboque, etc) foi de 212,5% em todo o Brasil nos anos considerados, o aumento total do percentual de motocicletas foi de 619%. Eram mais de 24 milhões de veículos automotores em 1998 e o número chegou a mais de 76 milhões em 2012. Já as motos passaram de quase 2,8 milhões para aproximadamente 20 milhões no mesmo período.

A diferença de mais de 407%, representativa da maioria do número de motos deixa claro que o investimento na compra de motos tem tido a preferência dos brasileiros, bem como a dos piauienses. Mas os dados mostram ainda que o fato não é uma tendência apenas do Piauí, e sim de todo o País, pois em todos os anos foi registrado um aumento progressivo da aquisição de motos pela população, como é apontado na tabela de frota circulante.

O aumento de números de estradas e vias urbanas acompanhado da abertura de lojas concessionárias de veículos automotivos e ainda, o aumento da renda per capta são alguns fatores que podem ter gerado um vultoso aumento da frota circulante de veículos do Piauí, notadamente a de motocicletas.

CK8A8395.jpg