19/06/2015 - 08:10

Governo tenta negociação com os profissionais de Enfermagem

Foram discutidos os reajustes da categoria

Os secretários de Estado da Saúde, Francisco Costa e o de Administração, Franzé Silva, receberam na manhã desta quinta (18), em reunião na Secretaria de Saúde, o presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado do Piauí (SENATEPI), João Sérgio, e o presidente do Conselho Regional de Enfermagem (COREN), Lauro César de Morais, para negociar as reivindicações da classe.

Foto: Ascom

Dentre as pautas, o reajuste de 8,5 % sobre o vencimento, a isonomia no pagamento da Gratificação de Incentivo à Melhoria da Assistência à Saúde (GIMAS) e o reajuste nos valores dos plantões extras. Francisco Costa explanou as limitações financeiras pelo qual o Estado passa, impossibilitando reajuste salarial para 2015, adiantando, no entanto, que as demais pautas estão em negociação bem avançadas.

“A nossa proposta, que tem sido feita para todas as outras categorias, é que a discussão do reajuste salarial fique para janeiro de 2016, para que daí possamos traçar uma proposta para o triênio 2016/2017 e 2018. Sobre o reajuste no plantões extras, apresentado pelo Sindicato, será avaliado o impacto que terá nas contas do Governo, mas acreditamos na possibilidade de fazermos um reajuste”, explica Costa.

Sobre as GIMAS, Costa propôs que o Sindicato tivesse assento na comissão instituída pela secretaria para tratar e regulamentar essa gratificação, estabelecendo um prazo até o final de julho para que a comissão apresente uma proposta de regulamentação da gratificação, para imediata implementação.

Uma nova rodada de negociação ficou acertada, sendo marcada para o dia 2 de julho. “Vejo de forma positiva a negociação, que continua, mas numa perspectiva de que possamos findar e conseguir, com êxito, o que seja possível para o Governo do Estado e também satisfatório para a categoria dos servidores”, disse Francisco Costa.

Para o presidente do Sindicato, João Sérgio, houve avanços na negociação com o Governo. “Como sempre, o secretário de Saúde tem recebido bem, com respeito à categoria e prezado pelo diálogo. Hoje percebemos nessa mesa maior avanço, onde nós estabelecemos prazos a serem cumpridos, como a participação do sindicato na comissão do enquadramento, a participação também na GIMAS, onde ficou definido que bastarão duas reuniões, no máximo, para concluir e que o mês de setembro será o prazo final para a comissão decidir sobre o enquadramento para ser enviada ao governador”, disse.

As propostas do Governo serão apresentadas em Assembleia geral da categoria a ser realizada amanhã, dia 19, no auditório do COREN. João Sérgio afirma que “enquanto direção do sindicato, temos percebido avanços nessas propostas e acreditamos que serão aceitas”.


Fonte: CNM