19/06/2017 - 12:05

Professor cria projeto para ensinar a refletir sobre conteúdo de geografia

Alunos do 6º ano da Escola Municipal Professor João Porfírio Cordão estudaram sobre consumo.

Autor: Capital Teresina

“Quem guarda os portões da fábrica?” é um trecho de uma música da banda Legião Urbana que o professor de geografia Francivaldo Alves usou para envolver os alunos em um projeto diferente na disciplina. Os alunos do 6º ano da Escola Municipal Professor João Porfírio Cordão desenvolveram o Projeto Globalização e Consumismo, para despertar um olhar mais crítico, consciente e racional sobre as relações comerciais.

Foto/Ascom 

A turma estudou um extenso material teórico que trata dos espaços da circulação e do consumo. Para que o conteúdo fosse mais significativo, o professor lançou o desafio de construírem paineis temáticos com logotipos de produtos que costumam consumir ou mesmo que conheçam pela publicidade, socializando as produções em sala de aula.

Francivaldo também usou a música “Fábrica” como referência em todas as etapas. A composição fala de trabalho escravo e a exploração pela sociedade do consumo. Os estudantes analisaram a letra, cantaram de forma coletiva e apresentaram dramatizações no pátio da escola.

Segundo o professor, o trabalho prático ajudou 102 alunos a compreenderem que o consumo vai além do ato de consumir. “Eles analisaram a dinâmica, os interesses capitalistas e as diversas relações sociais e naturais existentes”, explica. Para ele, essa é uma forma de integrar os alunos e estimular ações mais ativas no processo de ensino. “A geografia é uma ciência dinâmica, podemos vivenciá-la para tornar o aprendizado real. Então eles foram agentes ativos na materialização desse conteúdo, trabalhando de forma coletiva com a pesquisa bibliográfica, a música e as outras produções”, finalizou.


Fonte: Ascom